_ TELEFONE: (41) 99685-0693_____________ _E-MAIL: CONTATO@BRUTUSST.COM.BR

Confira um guia especial para não ficar no vermelho

O ano de 2018 começou assustando todos os motoristas brasileiros. Valores da gasolina e diesel tiverem um aumento nos postos. O preço médio do diesel encerrou a primeira semana do ano subindo de R$ 3,326 para R$ 3,356 (avanço de 0,9%). Na mesma semana, a Petrobras reajustou os preços para cima, em 0,27%. Desde a adoção da nova política de preços da estatal, o preço do diesel acumula alta de 23,13% nas refinarias e de 13% nos postos.

Como o caminhoneiro autônomo pode economizar combustível sem que isso atrapalhe sua performance? Nosso blog traz algumas dicas! 

Principal custo dos caminhoneiros, seja pelo seu valor acumulado, seja pela periodicidade dos gastos, o uso do combustível precisa fazer valer a pena o trabalho. E você sabia que é possível minimizar o consumo de combustível sem qualquer “truque”?

Muitos acreditam que modificando os parâmetros da central da injeção eletrônica, pode ter uma redução de combustível sem qualquer dano, porém isso não é verdade. Esse tipo de solução parece dar certo em um primeiro momento, mas modifica o funcionamento do caminhão, fazendo com que outros componentes sejam afetados. O veículo perde, inclusive, sua garantia de fábrica.

Veja dicas para economizar combustível:

Dirija defensivamente

Esse tipo de comportamento não apenas contribui para um trânsito mais tranquilo, diminuindo o estresse do dia a dia, como também reduz o consumo. Afina, ao diminuir as paradas bruscas e aceleradas constantes, o veículo pode aproveitar melhor a energia gerada, além de evitar a injeção desnecessária de combustível.

Não ande desengatado

Quando se desse uma ladeira engatado ou se aproveita o freio motor para as paradas do caminhão, o motor continua funcionando por meio do giro das rodas. Com isso, o sistema de injeção eletrônica reconhece que não é preciso mais combustível e corta sua alimentação.

Isso é importante porque, além de ser para a segurança e evitar o desgaste excessivo dos freios, andar engatado também reduz o consumo de combustível.

Modere o uso do ar-condicionado

Com a necessidade de usar muita energia elétrica para funcionar, o ar-condicionado divide essa energia com o sistema de ignição, tornando-o menos eficaz na queima do combustível. O que acontece? A injeção eletrônica aumenta o giro do motor e o bombeamento de combustível para compensar essa perda de energia.

A dica é: prefira utilizar o sistema de ventilação da cabine e abra as janelas em vez de abusar do ar-condicionado.

Calibre os pneus

Simples e eficaz, manter os pneus calibrados contribui para a redução do consumo de combustível. Por isso, vale seguir as recomendações da montadora no manual do proprietário do caminhão.

Fique ligado nas indicações de calibragem quanto ao peso da carga e posicionamento dos pneus. Outra dica é manter o caminhão sempre alinhado e balanceado. Pneus murchos e desalinhados podem aumentar o consumo em até 20%.

Mantenha o motor regulado

Quando estiver fazendo as revisões, confira se as válvulas do motor estão reguladas e se as velas estão trabalhando corretamente. Apesar de ter um gasto com a regulagem, fora do tempo correto, a injeção eletrônica aumenta a alimentação do motor para compensar o desperdício.

Agregue o seu caminhão

Entre as várias vantagens que comentamos no texto Caminhoneiro: 5 vantagens em tornar-se um agregado de uma transportadora, outra questão é bem atraente: agregado em uma empresa, o caminhoneiro tem a chance de faturar mesmo que não tenha carga para entregar, apesar de isto não ser uma regra.

Outro motivo para ser agregado é usufruir de vantagens que as transportadoras oferecem. A Brutus, por exemplo, irá disponibilizar um app que conecta o motorista com a operação do cliente. Dessa forma, há mais garantia ao realizar as operações de transporte de carga lotação e complementos de carga, tudo de forma dinâmica e segura.

A segurança também é uma vantagem. Além da financeira, já que o motorista poderá ter uma noção do que será ganho no final do mês, ao ser agregado é possível evitar as seguintes questões:

  • O risco de voltar para sua cidade sem um frete de retorno;
  • Ficar uma semana com o caminhão estacionado em casa porque não apareceu nada.

Isso ocorre porque existe uma organização e uma lógica por trás no negócio. Tudo é planejado de forma que não existam problemas logísticos que possam representar prejuízo ao caminhoneiro.

Com informações: Trânsito Ideal, g1, Blog WLM Scania

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale conosco!